Propostas

JUNTOS CONTRA A PRIVATIZAÇÃO DO BB

O Caref deve definir a atuação estratégica do banco. Deve ser o contraponto e a resistência a qualquer tentativa de desmonte do BB. Deve atuar sempre junto com os funcionários, com suas entidades representativas e com setores da sociedade que dependem do banco para produzir e gerar emprego e renda.

 

  • Defender o BB como instituição pública a serviço da sociedade;
  • Contra a privatização do banco e a venda de suas subsidiárias;
  • Fortalecer o BB como instituição pública de crédito e motor da economia;
  • Consolidar e ampliar a atuação do banco como banco da agricultura familiar, da agricultura empresarial e do agronegócio;
  • Ampliar a participação do banco em todos os segmentos do mercado financeiro;
  • Atuar para reverter o processo de enfraquecimento e redução da participação do banco no mercado
  • Melhorar a rede de atendimento e ampliar a presença do BB em todo o país;
  • Definir o modelo de negócios do banco e a estratégia da empresa para melhor atender à sociedade;
  • Incorporar as novas tecnologias, preservando o nível de emprego.
 
JUNTOS PELA VALORIZAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS

O Caref é impedido por lei de votar em questões relativas aos funcionários. Mas pode e deve defender os interesses e a visão dos trabalhadores em todos os espaços, inclusive no Conselho de Administração.

 

  • Trabalhar pela valorização e reconhecimento dos funcionários;
  • Trabalhar para que os funcionários das dependências interfiram na elaboração do orçamento e acordos de trabalho;
  • Defender a preservação de salários, benefícios, direitos e postos de trabalho;
  • Igualdade de oportunidades para todos e por políticas afirmativas de equidade de gênero;
  • Cassi e Previ para todos, com responsabilidade do banco e adesão dos funcionários dos bancos incorporados;
  • Respeito aos funcionários nos processos de reestruturação e adaptação;
  • Contra o assédio moral nos locais de trabalho.